Conheça as melhores máquinas para a colheita de arroz

Conheça as melhores maquinas para a colheita de arroz

Escolher as melhores máquinas para a colheita de arroz não é um processo fácil. Estamos falando de uma produção que pode ter um índice bastante alto de perdas, principalmente quando é feito uma gestão fraca dos processos logísticos. Ter uma máquina potente, que traga eficiência, segurança e produtividade para o seu negócio faz total diferença. Por isso, neste artigo, queremos que você conheça as principais dificuldades na colheita de arroz, a importância que as máquinas de qualidade trazem para a sua produção e que tipo de máquina você deve escolher. Continue lendo:

Conheça as dificuldades na colheita de arroz

A etapa da colheita é uma das mais importantes no processo de produção de arroz. Mas quando mal conduzida, ela pode acarretar perdas de grãos e gerar prejuízos. De acordo com estimativas do MAPA, as perdas vindas das plantações de arroz chegam a 22%, sendo 12,6% somente da colheita. Portanto, é extremamente necessário utilizar as melhores máquinas durante este processo. 

As perdas na colheita mecanizada do arroz acontecem por conta das condições das lavouras, como por exemplo o acamamento das plantas e a presença de plantas daninhas. Colheitas feitas antes do ponto de maturação ideal também afetam a produção de grãos e a qualidade comercial do arroz. Além disso, a umidade inadequada dos grãos, o estado de conservação, de manutenção e de regulagem das máquinas e o despreparo do operador também são fatores responsáveis por perdas.

Por que é tão importante utilizar equipamentos adequados?

Máquinas adequadas para a colheita ajudam a melhorar a produção e também a aumentar a produtividade. É possível assegurar uma maior agilidade e eficiência de todos os processos, pois máquinas modernas e inovadoras tendem a facilitar a execução de tarefas e reduzir o uso de mão de obra. A escolha e uso das máquinas devem estar ligados a um planejamento muito bem estruturado. Isso envolve escolher os melhores lugares de armazenagem dos produtos, ter um bom gerenciamento do estoque e considerar o tempo de execução de cada tarefa.

Quais são as melhores máquinas?

As principais máquinas para a colheita de arroz são:

  • Ceifadoras: destinadas às pequenas lavouras de arroz, são constituídas basicamente de chassi com rabiça montado sobre duas rodas, motor e unidade de corte e recolhimento de plantas. Algumas possuem depósito de plantas colhidas, que é esvaziado de tempo em tempo.
  • Trilhadoras: têm a função de retirar os grãos das panículas de arroz e separá-los das demais partes da planta. Modelos mais comuns possuem cilindro trilhador de dentes com fluxo de plantas tangencial. Outros modelos possuem trilhador com fluxo de plantas axial. Além disso, são providas de peneiras, ventilador e saca-palha para retirada da palha e limpeza dos grãos.
  • Colhedoras de arroz: colhem e trilham as plantas numa única operação. Podem ser automotrizes ou acionadas pelo trator. São caracterizadas por possuírem mecanismos de corte e alimentação de plantas, trilha, separação, limpeza, transporte e armazenamento de grãos e de outros componentes especiais para garantir boa operação nas variadas condições de cultivos, como os irrigados.

Conheça o Roblift Agro

O Roblift Agro é utilizado em todo o período produtivo, desde o preparo do solo, o plantio, a pulverização, até a colheita. Esse implemento da Robustec foi desenvolvido especialmente para o trabalho no campo, sendo um reboque multiuso para ser acoplado em tratores agrícolas. Possui um exclusivo braço hidráulico independente, que faz a carga e descarga dos produtos com segurança e agilidade, mesmo em locais de difícil acesso. Dessa forma, é possível otimizar ao máximo o uso do trator e ainda conseguir carregar e descarregar em locais onde o caminhão não chega. Se você quer saber mais sobre este implemento da Robustec, clique aqui.

Veja, neste vídeo, como otimizar o seu trabalho no campo com o Roblift Agro:

 

Este foi o nosso artigo sobre as melhores máquinas para colheita de arroz. Quer ler mais conteúdos como este? Então fique de olho em nosso blog. Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *