fbpx

Gesso agrícola para aumento de produtividade

O trabalhador que vive da terra compreende o crescimento constante da demanda por produção de alimentos. Para obter mais qualidade e produtividade na agricultura, muitos já optam pela utilização do gesso agrícola.

Cada vez mais popular, o insumo, além de reduzir a toxidez por alumínio nas camadas subsuperficiais, fornece importantes nutrientes para as plantas. Ele garante um desenvolvimento elevado do sistema radicular e, consequentemente, melhores resultados para a produção como um todo.

A seguir, confira todas as vantagens do gesso agrícola, como ele funciona e quais avanços proporciona na produção rural!

Entenda como o gesso agrícola agrega mais produtividade

A utilização do gesso de fonte mineral/sedimentar não é de hoje. Com um histórico de uso que vem da Grécia Antiga, seus nutrientes já eram percebidos como aliados dos cultivos.

Descobertas recentes apontam outros benefícios do insumo, aumentando ainda mais a sua recomendação para o aumento da produtividade no campo.

Ele é muito eficiente na percolação de bases no perfil do solo, uma vez que sua solubilidade é 172 vezes maior que a do sulfato e o calcário.

Isso significa que através da gessagem você pode diminuir a toxidez por Alumínio em profundidade, criando uma barreira química que evita a penetração das raízes.

É também uma forma eficiente de fornecimento de Cálcio, bem como distribuição de Potássio e Magnésio para as camadas mais profundas do solo. Como resultado desse grande incremento no sistema radicular temos plantas mais resistentes à secas e muito mais produtivas.

Garanta uma importante fonte de nutrientes e condicionador de solo

A deficiência de Cálcio em solos tropicais faz parte do dia a dia de muitos trabalhadores. Isso não ocorre apenas na camada arável, mas também em subsuperfícies entre 20 e 40 centímetros de profundidade.

Por proporcionar um melhor índice de distribuição, a utilização do gesso agrícola aumenta os teores de Cálcio, diminuindo a saturação por Alumínio, como destacado anteriormente.

Além do fator “produtividade”, o fator “saúde” também é contemplado. Dessa forma, previne-se os efeitos de pragas, doenças e mesmo situações de déficit hídrico que podem abater as plantas.

Consiga promover a correção de solos

Quando há excesso de sais no solo, surgem desequilíbrios nutricionais que afetam diretamente as plantas.

Os solos sódicos ou com excesso de vinhaça, muito comuns em diversas áreas brasileiras, podem impactar negativamente no rendimento final da produção agrícola.

Por conta da substituição do Sódio (ou Potássio) absorvido à argila pelo Cálcio, a aplicação de gesso diminui a toxidez desse solo.

Tenha um excelente condicionador de material orgânico

Ele também é peça chave na diminuição de perdas de Amônia em esterco, graças aos altos teores de Enxofre e Cálcio.

É, também, um importante insumo para garantia de enriquecimento em nutrientes, reduzindo, de quebra, o odor desagradável.

Melhore a absorção de nutrientes com o Enxofre

O Enxofre encontrado no gesso agrícola, por estar em forma de Sulfato, faz com que as plantas absorvam muito mais nutrientes e de forma também mais rápida.

A ação é imediata e a produtividade garantida: 60% do Enxofre é solúvel em água, prontamente disponível para as plantas, enquanto 40% é fornecido ao longo do ciclo da cultura.

Entenda os impactos positivos do gesso agrícola na agricultura

A utilização do gesso agrícola para aumento de produtividade vem sendo aplicado em diferentes meios. O que vem proporcionando excelentes resultados como condicionador de solo e manutenção responsável do ambiente para novas gerações.

Alguns exemplos de onde e como essas ações impactam positivamente a agricultura são:

  • Aumenta a produtividade vertical das lavouras, garantindo melhores resultados em pequeno espaço físico. Diminui-se, assim, a pressão pela busca de maiores áreas de cultivo.
  • Ajuda bastante na racionalização do manejo da água, pois seus efeitos provocam um melhor aproveitamento da água em profundidade de áreas cultivadas.
  • A prática de plantio direto é facilitada pelas soluções do problema da baixa fertilidade em profundidade. Evita-se a erosão, uma vez que descartamos a necessidade de resolver o solo.
  • Em áreas de reflorestamento, bons resultados já são contabilizados tanto para extração, quanto para a preservação de madeira.
  • Sustentável, o gesso agrícola deixa de ser apenas um subproduto acumulado ao redor de fábricas e se torna uma eficiente solução para o agricultor.

Com isso, percebe-se como o gesso agrícola pode ser uma alternativa sustentável que melhora bastante a saúde da produção agrícola.

Utilizada em diferentes segmentos e áreas, é uma aposta certeira para quem quer aumentar a produção sem perder em qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *