fbpx

Higienização das cintas de amarração: como limpar de forma correta

higienização das cintas de amarração

A fim de garantir uma viagem segura e sem imprevistos, é fundamental contar com equipamentos que tragam segurança, praticidade e firmeza para a sua carga. A higienização das cintas de amarração assegura a eficiência desses equipamentos e prolonga a sua conservação.

Mas você sabe como fazer a higienização adequada das cintas de amarração? Em seguida, vamos oferecer algumas dicas de como fazer uma higienização das cintas de amarração e ter mais eficiência e segurança no transporte. Confira!

Saiba como fazer a higienização das cintas de amarração

As cintas de amarração devem ser submetidas a vistorias regulares para garantir que estão bem higienizadas e em bom estado de conservação. Em seguida, daremos dicas para você fazer a limpeza e higienização de suas cintas com eficiência e segurança.

  • A limpeza desses equipamentos é bem simples e rápida. Você só precisa lavar as cintas com sabão neutro para retirada da sujeira. Recomenda-se, ainda, a aplicação de um lubrificante nas catracas de tensão. As cintas de amarração não dependem de lubrificação para o seu bom desempenho.
  • Deve-se ter um cuidado especial com a limpeza e higienização no caso de haver óleo e graxa impregnados nas cintas, o que pode dificultar e prejudicar o seu manuseio. Porém, não é preciso se preocupar com a retirada de manchas no corpo da cinta, pois elas não prejudicam a eficiência do produto nem trazem prejuízo na inspeção visual.
  • Atente para sinais de abrasão. A sujeira presente nas cintas também pode esconder possíveis cortes ou desgastes por abrasão (desgaste por fricção), dificultando a sua identificação. A abrasão ocorre pela retenção de partículas sólidas (cristais de poeira), que podem atuar inclusive como agente de corte interno.
  • Evite deixar as cintas de amarração em locais onde haja influência de intempéries ou ambientes corrosivos que possam danificar a sua estrutura.

higienização das cintas de amarração

  • As cintas devem ser dobradas e guardadas em local limpo, seco, arejado e fora do alcance de intempéries e resíduos de óleo, areia ou poeira de terra.
  • As cintas também não devem ser deixadas embaixo de outras peças que possam se atritar com elas, gerando desgastes desnecessários. Além disso, elas não devem ficar expostas a superfícies que tenham arestas e cantos vivos.
  • Certifique-se de que não foi alterada nenhuma característica original do produto. Se notar qualquer diferença, inutilize-o imediatamente ou envie para análise do fabricante.
  • A fim de assegurar a sua conservação, as cintas de amarração jamais devem ser torcidas, utilizadas com nós ou emendadas diretamente com outras cintas, para evitar acidentes. As cintas danificadas, com perfurações, desfiamentos ou deformações, devem ser descartadas, pois podem arrebentar durante o transporte.
  • Evite arrastar as cintas, ganchos e catracas pelo chão. Verifique constantemente se há trincas, rachaduras ou pontos de corrosão nesses equipamentos e se as travas estão funcionando perfeitamente.

Saiba mais sobre as cintas de amarração Robustec

As cintas de amarração Robustec garantem praticidade e segurança para a sua carga, evitando tombamentos durante o transporte. Elas oferecem diversas opções de montagem e capacidade, de acordo com a aplicação e as necessidades específicas de fixação de cargas de cada cliente.

Além disso, a Robustec possui também uma completa linha de acessórios para amarração de cargas que oferece tudo o que você precisa para amarrar suas cargas com total segurança. Entre os itens disponíveis, estão as catracas, presilhas, esticadores e terminais de fixação seguros para amarração de cargas.

Como vimos, a higienização das cintas de amarração é um procedimento simples e rápido, mas muito importante para garantir o bom estado e a eficiência desses equipamentos.

Você gostou desse artigo? Entendeu como fazer a higienização das cintas de amarração? Que saber mais sobre os equipamentos de transporte Robustec? Então acesse aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *