fbpx

Técnicas para aumentar o lucro na pecuária

lucro na pecuária

Algumas práticas adotadas na pecuária podem trazer melhorias significativas à produção e ao manejo dos animais, com consequente aumento do lucro.

Levantamento do Cepea/USP mostra que pecuaristas que investem em infraestrutura, em técnicas que melhoram os índices zootécnicos e gestão podem obter um crescimento de até 60% no volume produzido e 44% na margem de lucro.

Mas você sabe como aumentar o lucro na pecuária?   Conhece a técnica de pasto rotacionado? Sabe como melhorar a nutrição dos animais? Qual a importância de instalações adequadas? Em seguida, você encontrará 5 dicas para melhorar a qualidade de sua produção e aumentar o lucro na pecuária.

1. Crie um programa de nutrição que priorize a produção de forragem

Assim como os seres humanos, as vacas também precisam de uma alimentação saudável e controlada. Tudo o que os animais comem influencia na qualidade do leite que eles vão produzir.

Uma alimentação de qualidade deve incluir, além da ração, capim, de feno e de outros vegetais volumosos com concentrados. Isso porque esses alimentos são ricos em energia, proteínas, minerais e vitaminas.

Procure produzir e utilizar o máximo de forragem de alta qualidade possível para alimentar seu rebanho. Desse modo, você será capaz de aumentar tanto a qualidade quanto a quantidade de alimentos cultivados.

2. Use a técnica de pasto rotacionado

O uso de pasto rotacionado, técnica idealizada pelo pesquisador francês André Voisin, permite um maior aproveitamento da terra e facilita a criação dos animais.

O sistema garante uma produção maior de leite em uma área menor, reduzindo custos, aumentando a eficiência econômica das propriedades agrícolas.

Além disso, com essa técnica, os recursos naturais são conservados e o emprego de energia e insumos é reduzido, gerando um maior equilíbrio ecológico e reduzindo o impacto ambiental.

lucro na pecuária

3. Cuide do bem-estar animal

Pesquisa da Escola de Veterinária da Universidade do Wisconsin, nos Estados Unidos, aponta que cuidar do bem-estar das vacas e deixá-las felizes e menos estressadas possibilita produzir mais leite.

Além disso, o estudo demonstra que a serotonina, hormônio associado a sentimentos de felicidade, aumenta os níveis de cálcio no sangue e no leite de vacas leiteiras. Desse modo, contribui para evitar doenças como a hipocalcemia nas vacas e para deixar a produção de leite com níveis mais elevados de cálcio.

No programa, chamado Dairyland, os pesquisadores percorrem as fazendas de leite da região para aconselhar os criadores sobre como aliviar o estresse das vacas. Também foi criado um site na internet para compartilhar as suas práticas com o resto do mundo.

Entre as medidas recomendadas, incluem-se construir baias maiores e utilizar estábulos mais arejados. Além disso, deve-se procurar alimentar todas as vacas no mesmo horário, já que animais de rebanho preferem fazer as coisas juntos.

4. Reduza a perda de alimentos

As perdas de alimentos nos principais pontos de controle podem ser minimizadas com um bom manejo e armazenamento de ingredientes de alimentação.

Crie um cronograma de manejo dos cochos que se alinhe com a programação de ordenha. Forneça alimentos frescos quando as vacas forem à sala de ordenha, e organize um preenchimento dos cochos durante 90 minutos após o retorno das vacas.

Mantenha uma distribuição uniforme da alimentação através da linha de alimentação para garantir que as vacas tenham acesso ao alimento no local de alimentação desejado.

Além disso, deve-se dar atenção à limpeza e organização da área de alimentação.

lucro na pecuária

5. Tenha instalações adequadas

Os estábulos onde as vacas são mantidas devem oferecer boas condições climáticas para os animais. Além disso, é preciso garantir sombra, ventilação, aspersão e disponibilidade de cama para o descanso dos animais. Também é importante assegurar livre acesso à água, limpeza bem feita, entre outros fatores.

Outro aspecto importante a ser observado é as vacas têm espaço para se deitar e se levantar normalmente nas baias. Elas não devem apresentar dificuldades no dia a dia e nem precisar bater contra as instalações. Para isso, o estábulo deve ter um dimensionamento adequado, considerando o tamanho médio dos animais o seu peso.

Também devem ser disponibilizadas áreas de descanso limpas, secas e em número suficiente para todos os animais. Isso porque é importante que possam descansar metade do dia. Caso as vacas fiquem de pé por muito tempo, elas podem ter dores nas patas. Isso afeta a produção de leite e a sua capacidade de reprodução.

O cuidado com a limpeza dos estábulos é outro aspecto importante. A raspagem e retirada da lama devem ser feitas com frequência, sempre que notar o acúmulo de dejetos próximo aos cochos e bebedouros.

Como vimos, alguns cuidados com a nutrição e o bem-estar animal, uso de pasto rotacionado, redução da perda dos alimentos e instalações adequadas são capazes de aumentar a quantidade e a qualidade da produção, impactando positivamente para aumentar o lucro na pecuária.

Você gostou desse artigo? Gostou de nossas dicas para aumentar o lucro na pecuária? Então clique aqui e leia mais matérias em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *