fbpx

10 dicas para ter mais segurança no transporte de cargas

Realizar o transporte com eficiência e segurança requer muita atenção e diversos cuidados. A observação de algumas recomendações de segurança pode tornar a sua viagem muito mais tranquila e sem acidentes. Com a condição precária das estradas, esses cuidados se tornam ainda mais importantes.

Mas como proteger as mercadorias, o veículo e o condutor durante o transporte de cargas? A seguir, você encontrará 10 dicas capazes de contribuir para tornar a sua viagem mais segura, eficiente e econômica.

  1. Evite viagens longas sozinho

Fazer longas viagens sem ter alguém para revezar a direção ou até para conversar aumenta o perigo de cair no sono ou causar acidentes. O mais indicado é ter alguém com quem revezar a direção. Mas, se estiver sozinho, evite dirigir mais horas do que o permitido e procure fazer paradas para descanso.

  1. Teste sempre os freios

Procure sempre verificar o estado do sistema de freios do caminhão, principalmente antes de enfrentar trechos de serras. Caso ele venha a falhar em um local muito íngreme e inclinado, as consequências podem ser fatais.


  1. Observe a condição dos pneus

Os pneus são fundamentais para garantir a estabilidade e bom funcionamento do veículo. Ao notar qualquer sinal de cortes, furos, bolhas, vazamentos, baixa calibragem ou ferrugem nos parafusos da roda, faça o reparo o quanto antes. Afinal, pneus carecas aumentam o risco de acidentes.

  1. Troque as palhetas do para-brisa

O para-brisa é importante para que o veículo ofereça uma boa visibilidade na estrada em dias de chuva. Por isso, o ideal é trocar as palhetas a cada seis meses ou quando a borracha já estiver ressecada. Vidros riscados, sujos ou trincados também dificultam a visibilidade.

  1. Faça uma manutenção preventiva

A manutenção do caminhão é muito importante para evitar problemas mecânicos e prevenir acidentes. Segundo pesquisa do Instituto Scaringella Trânsito, 27% dos acidentes rodoviários e urbanos no Brasil podem ser evitados se o motorista fizer a manutenção preventiva corretamente. A revisão das peças deve ser realizada periodicamente, de acordo com o modelo do veículo, a carga transportada e a logística escolhida.

  1. Distribua bem o peso da carga

Antes de pegar estrada, o caminhoneiro deve acompanhar o embarque dos produtos e se certificar de que eles estão dispostos corretamente. A carga deve ser bem distribuída na carroceria, de modo a alcançar um ponto de equilíbrio. Desse modo, ela não vai sobrecarregar nenhum lado do caminhão e nem ocasionar tombamentos. Também verifique se o ponto de ancoragem do veículo tem capacidade igual ou maior que o da amarração.

  1. Durma em locais seguros

Procure sempre dormir em locais seguros, seja no estacionamento de postos de gasolina ou perto de um posto de Policiamento Rodoviário.

  1. Leve sempre os EPIs nas viagens

O uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) é altamente recomendado para os caminhoneiros. Os mais utilizados são óculos de segurança, protetores auriculares, máscaras respiratórias e botinas. Esses equipamentos devem ser verificados antes de pegar estrada e depois guardados limpos e em lugar apropriado.

  1. Fique atento à resistência das cintas

Ao fixar a carga, certifique-se de que as cintas de amarração têm a resistência necessária para suportar o seu peso, mesmo em condições de frenagens bruscas, curvas e acelerações. Para isso, elas devem ter uma resistência quatro vezes superior à Carga Máxima Transportada.

  1. Faça a manutenção periódica da amarração da carga

Durante a viagem, faça a manutenção periódica da amarração da carga e aperte novamente as cintas de amarração ao veículo. Afinal, cargas soltas no caminhão podem cair ou se deslocar, com o risco de danificar o veículo ou prejudicar a dirigibilidade.

Para um transporte eficiente, é muito importante contar com equipamentos que tragam segurança, praticidade e firmeza para a sua carga.  As cintas de amarração, catracas e outros equipamentos Robustec oferecem resistência total e estão de acordo com a Norma 552 do Contran. Esses produtos oferecem diversas opções de montagem e capacidade, de acordo com a sua aplicação e as necessidades de cada cliente.

Como vimos, algumas medidas de segurança, manutenção do veículo e cuidados na amarração da carga podem aumentar a segurança no transporte e evitar imprevistos e acidentes. 

Que saber mais sobre as cintas de amarração e catracas Robustec? Acesse aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *